segunda-feira, 14 de novembro de 2011

CUNHA

Cunha está entre as cidades brasileiras de maior beleza natural. O clima super agradável, as montanhas, a Mata Atlântica, as pousadas e os restaurantes ganham um toque, muito mais que especial, com os mais de 20 ateliês de cerâmica espalhado por toda a cidade.




É nessa paisagem inspiradora que muitos ceramistas montaram seus ateliês, contribuindo com a arte e o turismo local. Alguns, seguem a tradição milenar dos fornos noborigamas, outros optaram pela quiema a gás ou elétrica. Mas, seja qual for o processo empregado, cada um tem tem sua peculiaridade, sua beleza, seu jeito de ser.


esquema de um forno Noborigama


Ao passarem por Cunha, não deixem de conhecer os ateliês de Mieko Ukeseke e Mário Korishi, José Carlos Carvalho, Marli e Wagner Gambare, Clélia Jardineiro, Augusto e Lei,  Felipe Zuniga, Zahiro e Gitika, Marcelo Toca, Graziela , Geraldo Nicolau, Anderson Canhadas, Augusto Campos, Maurício Flausino, Luís Toledo, Marialdo Rodrigues. Alberto Cidraes, Flávia Santoro, Cristiano e Sandra Quirino.


Ateliê  de Suenega e Gilberto Jardineiro


  
Esculturas de Cristiano e Sandra Quirino


Escultura de Alberto Cidraes


Escultura de Flávia Santoro


Ateliê da Pousada Cheiro da Terra

2 comentários:

  1. Oi Pris..

    Muito bacana esta postagem sobre Cunha.

    Foi um dos passeios que eu mais me encantei!

    Tava aqui pensando ( de vez enquando eu penso ), a arte cerâmica é tão completa, tão maravilhosa,
    tem tantos talentos... e pena que ela é tão pouco divulgada!

    Ainda bem que voce tem esta consciencia e tenho certeza que com a sua galeria de ceramica que será a primeira, fará com que a arte ceramica seja mais difundida.
    Estou com voce..pode contar comigo sempre.

    Um beijo Alma Linda!!

    ResponderExcluir
  2. Passando para agradecer sua visita e dizer que fiquei feliz...estava com saudades,kkkkkkkkkk,amo meus seguidores e não perdê-los nunca,kkkkkkkkkk
    bjs minha flor de primavera!

    ResponderExcluir